PROJECTOS
INFORMAÇÂO
 
Salir de Matos 2007
Colaboração com Luis Simões
 

 

 

Salir de Matos, 2007, torrão no inverno, Salir de Matos 

 

 

 

 

 

 

Salir de Matos, 2007,delimitação de espaço circular, raio medido através do corpo, Salir de Matos

 

 

 

 

 

 

 

Salir de Matos, 2007, preparação de argamassa de adobe com água, terra, argila e fibras vegetais locais , Salir de Matos

 

 

 

  

 

Salir de Matos, 2007, bolas de adobe para a construção de espaço circular, Salir de Matos

 

 

 

 

 

 

 

Salir de Matos, 2007, espaço circular, Salir de Matos

 

 

 

 

  

 

 

Salir de Matos, 2007, plantação de cebola, Salir de Matos

 

 

 

  

 

 

 

 

Salir de Matos, 2007, torrão na primavera, Salir de Matos

 

 

  

 

 

 

Salir de Matos, 2007, Compostor, Salir de Matos

 

 

 

 

 

Salir de Matos, 2007, torrão no verão, Salir de Matos

 

 

 

 

 

Salir de Matos é uma pequena aldeia onde este projecto foi desenvolvido. Num terreno perto de uma ribeira foi delineada uma marca no território, um espaço circular demarcado pela dimensão de um corpo. Um vestígio humano produzido segundo técnicas ancestrais de arquitectura em terra crua do sul de Portugal e do norte de África. Agregado a esta demarcação territorial viria a desenvolver-se um pequeno jardim comestível, as técnicas eram também antigas e dadas a conhecer por uma das habitantes da aldeia, Laurinda. O projecto Salir de Matos anuncia uma presença efémera, projectando-se como um esquiço do prolongamento do corpo humano num torrão natural. Um espaço em constante transformação, afectado pelo passar das estações, pelas condições climatéricas e por alguém. Este projecto guarda memória num livro, um documento que conserva os registos do processo do projecto.

 


Salir de Matos

2007

 

 
 
Copyright © All Rights Reserved by Ana Rita Manuel